Doação de dinheiro do cofrinho, cartinhas, desenhos e fantasia: veja como crianças enfrentam a pandemia no Brasil e no mundo

  • 17/05/2020


G1 reúne histórias de crianças que se sensibilizaram e acharam soluções criativas em meio às medidas de isolamento e distanciamento social. Crianças e filhos têm histórias positivas em tempos de pandemia Arquivo pessoal A quarentena não está sendo fácil para as crianças. E não é da escola que estamos falando. Muitas sequer já tinham ouvido a palavra "quarentena". Conversar sobre isso tudo que estamos vivendo, então.... Mas elas estão dando o seu jeitinho particular e esbanjando solidariedade, mesmo que por vezes estejam tristes ou com saudades. No Rio Grande do Sul, dois meninos se sensibilizaram e fizeram doações a hospitais. O Mathias, de 10 anos, abriu seu cofrinho disse que o gesto era muito importante porque um dia ele pode precisar do atendimento. “Eu vi que o hospital estava precisando. E se eu pegar o coronavírus, eu vou pra lá, né!?", disse. Menino de 10 anos doa economias para ajudar hospital de Arroio do Meio contra a Covid-19 Já o Leonardo, de 11 anos, vendeu latinhas por uma semana para entregar o dinheiro ao único hospital de Antônio Prado. A mãe, Zuleide Cambruzzi, contou estar orgulhosa do filho. "Eu jamais pensei que ele ia fazer uma coisa dessas. Fiquei muito feliz." Menino de 11 anos vende latinhas para ajudar hospital de Antônio Prado Em Goiás, Minas e Rio de Janeiro, não teve dinheiro para os profissionais de saúde, mas não faltou gratidão... As crianças demostraram todo o carinho atrás de cartinhas para quem está na linha de frente do combate à doença. Os pequenos de Nova Friburgo se expressaram através da palavra obrigado, de desenhos de corações – e teve até médico super-herói. Crianças enviam desenhos para os profissionais da saúde de Nova Friburgo, no RJ Divulgação/Sesc Desenhos com mensagem de apoio para os profissionais da saúde em Nova Friburgo, no RJ Divulgação/Sesc Em Goiânia, as cartinhas foram tão coloridas e amorosas, que se foram mostradas como obras de arte nas redes sociais. Crianças fazem desenhos para homenagear médicos em Goiás Arquivo pessoal Crianças fazem cartinhas para agradecer profissionais da saúde por combate ao coronavírus em Goiânia Arquivo pessoal Os mineirinhos quiseram agradecer a bombeiros e policiais pelo trabalho durante a pandemia do novo coronavírus. Desenhos homenageiam profissionais que não param de trabalhar mesmo com pandemia Reprodução/TV Globo Crianças fazem desenhos para quem está trabalhando no combate à Covid-19 Também foi usando um papel que crianças do mundo inteiro falaram de sentimentos. Reku Matsui, de 8 anos, em Tóquio, desenhou a si própria entre seus avós, com os três sorrindo juntos. Sua irmã mais velha, Yaya, de 12 anos, fez um desenho representando uma amiga. "O que eu mais quero agora é encontrar meus amigos", disse. Reku Matsui, de 8 anos, e Yaya Matsui, de 12 anos, posam para uma foto enquanto seguram fotos tiradas durante o surto de doença por coronavírus (COVID-19) na varanda de sua casa em Tóquio, no Japão Kim Kyung-Hoon/Reuters Além da saudade dos avós, as crianças também representaram os esportes que elas sentem falta, como os irmãos Ivan, Vince e Vilma que vivem em Budapeste, capital da Hungria. Os irmãos Ivan, Vince e Vilma Posta posam para foto com desenhos do que sentem falta durante o isolamento na varanda de sua casa em Budapeste, Hungria Bernadett Szabo/Reuters Algumas crianças atacaram o coronavírus. Nipoon Kitkrailard, de 10 anos, que vive na província tailandesa de Samut Prakan, desenhou o vírus como um monstro vindo invadir o mundo – também colocou médicos e itens como álcool gel e máscaras detendo a criatura. Nipoon Kitkrailard posa para foto mostrando o que desenhou durante o surto de doença por coronavírus (COVID-19) da janela de sua casa em Samut Prakan, na Tailândia Athit Perawongmetha/Reuters Aqui no Brasil, no Rio de Janeiro, algumas crianças também colocaram no papel desenhos que falam de saudade, desejos e esperança. O menino Conrado, de 10 anos, lembrou da igualdade entre todos e desenhou uma âncora como "um símbolo de esperança". "Todas as pessoas são todas em preto e branco, simbolizando a nossa igualdade. Ninguém é superior a ninguém", disse. Conrado Bonow faz desenho para lembrar a igualdade entre todos na quarentena Reprodução/ TV Globo Crianças fazem desenhos para mostrar o que estão sentindo durante a quarentena E ficar em casa longe de todo mundo não é tarefa fácil mesmo. Em São Paulo, irmãos Mariane e Mattias levaram bronca da vizinha por conta do barulho das brincadeiras. Ficar bravo? Nem pensar. Eles pediram desculpas, mandaram desenhos e chocolates e ainda ganharam afeto em troca! "Nós deixamos os bilhetes na porta da casa dela, com uma caixa de bombom. Quando ela viu já nos mandou um áudio agradecendo e depois trouxe um presente e um bilhete em agradecimento”, contou Juliana, mãe das crianças. Crianças em quarentena fazem desenhos para vizinha pedindo desculpas pelo barulho em São José Arquivo pessoal E também foi usando a criatividade que pais e filhos driblaram a saudade, vestiram fantasias e conseguiram ficar um pouquinho juntos. Na Espanha, pai e filha usam fantasias para levar lixo durante o isolamento. A ideia deu tão certo, que a cena virou atração na cidade de Puertollano e gera expectativa pela passagem diária recheada de amor. Pai e filha usam fantasias para levar lixo na Espanha durante isolamento Em São José dos Campos, o pai, a mãe e o filho se fantasiaram de Minnie, gorila e dinossauro para encontrar a avó. Inspirada em ‘médico dinossauro’, família se fantasia para visitar avó de 85 anos Encontro fantasiado em São José dos Campos Arquivo Pessoal E criatividade também não falta aos pequenos quando o assunto é aprendizagem. Lavar muitas vezes as mãos, passar álcool gel, manter-se em isolamento social. São lições que as crianças parecem ter aprendido muito bem. Muitas delas têm até ensinado aos mais velhos. Crianças de Mogi das Cruzes contam tudo que sabem sobre coronavírus e ensinam adultos E os pais também estão usando experiências com os filhos para ajudam a explicar a importância de sempre lavar bem as mãos. Os pequenos aprendem e ainda de divertem com a descoberta! Crianças falam: O que é o coronavírus?

FONTE: https://g1.globo.com/olha-que-legal/noticia/2020/05/17/doacao-de-dinheiro-do-cofrinho-cartinhas-desenhos-e-fantasia-veja-como-criancas-enfrentam-a-pandemia-no-brasil-e-no-mundo.ghtml

Aplicativos


Locutor no Ar

Helly

Back Connectiom

07:00 - 19:00

Anunciantes